Quer melhorar a sua vida sexual? Descubra e ponha em prática estas 11 dicas

A lista foi elaborada pela Escola de Medicina da Universidade Harvard,

Informe-se
Há muito material de autoajuda disponível sobre problemas sexuais. Procure o que mais se aplica a si e garanta que ambos estão bem informados.

Dê tempo ao tempo
À medida que envelhecemos, os reflexos sexuais ficam mais lentos. Por isso, demoramos mais a chegar ao orgasmo. É mais fácil conseguir “chegar lá” num ambiente confortável, tranquilo e sem interrupções.

Lubrifique-se
É comum que a transição para a menopausa seja acompanhada por secura vaginal, o que pode ser resolvido com gel lubrificante. São úteis para evitar relações sexuais dolorosas, que podem resultar em problemas de libido e tensão entre o casal.

Seja uma pessoa afetuosa
Ainda que os problemas na cama preocupem o casal e gerem tensão, abraços e beijos são essenciais para manter vínculos emocionais e físicos.

Pratique o contato
Muitos terapeutas indicam técnicas de contato sensorial para recuperar a intimidade física sem sentir pressão. A ideia é que o casal toque um ao outro enquanto cada um se concentra nas suas perceções e na sua sensualidade.

Experimente diferentes posições sexuais
Variar as posições, além de tornar o sexo mais interessante, pode ajudar a superar alguns problemas.

Escreva suas fantasias
Explore coisas que julgue que serão excitantes para si ou para a pessoa com quem está.

Experimente fazer os exercícios de Kegel
Os exercícios de Kegel servem para fortalecer os músculos pélvicos. Basta contrair os músculos que usamos quando tentamos segurar a urina mantê-los contraídos durante dois ou três segundos, depois relaxá-los. Faça cinco séries de dez repetições por dia.

Relaxe
Faça algo que o acalme e que o faça sentir bem antes de começar uma relação sexual, como sair para jantar ou praticar exercícios de relaxamento, como os de respiração.

Vibradores
Os vibradores podem ajudar as mulheres a se conhecerem melhor sexualmente, assim podem dizer à outra pessoa o que lhes agrada.

Não se renda
Se a situação não melhorar procure seu médico para que ele possa ajudar.

Ler Mais


Artigos relacionados
Comentários
Loading...