Sabia que estes conhecidos escritores apenas publicaram o seu primeiro livro depois dos 50 anos?

Nunca é tarde para começar. Por vezes, como estes exemplos provam, as oportunidades só chegam mesmo mais tarde nas nossas vidas.

Todos gostamos de histórias de sucesso. É incrível conhecer as histórias inspiradoras de algumas pessoas que atingiram os seus sonhos. Sobretudo quando estas são ainda jovens e parecem atingir o sucesso rapidamente contra todas as previsões.

Sobretudo no mundo literário existem alguns exemplos de jovens escritores que se tornaram conhecidos ainda em “tenra idade”. Exemplos como Jorge Amado que foi publicado pela primeira vez quando tinha ainda 18 anos e escreveu “O País do Carnaval” ou de S. E Hilton que começou a preparar o seu primeiro livro ainda com 15 anos, são algumas das histórias que mais nos fascinam.

No entanto, existem igualmente inúmeras histórias de autores que lutaram toda uma vida para serem publicados e apenas veem essa recompensa chegar já bem tarde nas suas vidas. Exemplos como J.K Rowling que viu o seu manuscrito de Harry Potter ser recusado dezenas de vezes ou de Kathryn Stocket, cujo seu livro “As Serviçais” se diz ter sido recusado pelas editoras 61 vezes!

Se existe algo que sabemos sobre a arte de escrever é que exige uma enorme perseverança. A lista que se segue é a prova disso mesmo. Estes são alguns dos principais autores que tiveram que esperar até terem mais de 50 anos para conseguirem ver o seu primeiro livro ser publicado.

 

  1. Elizabeth Jolly

Esta escritora inglesa que viveu grande parte da sua vida na Austrália, começou a escrever aos 20 e poucos anos, mas teve dificuldade em ganhar visibilidade. Foi apenas em 1976, já com 53 anos, que conseguiu publicar o seu primeiro livro de contos “Five Acre Virgin and Other Stories”. Após este momento atingiu finalmente uma maior notoriedade e acabou por ganhar ao longo da sua vida diversos prémios, tendo publicado mais de 15 romances.

  1. Richard Adams

“Era uma vez em Watership Down” foi o primeiro livro de Richard Adams, tendo sido apenas publicado quando este já tinha 52 anos. Foi um enorme sucesso e vendeu milhões de cópias em todo o Mundo. É considerado um clássico moderno. Ao todo, ao longo da sua vida, Adams publicou 20 livros

  1. Laura Ingalls Wilder

Sim, a famosa autora de “Uma Casa na Pradaria” só publicou o seu primeiro livro quando já tinha 60 e muitos anos. Laura teve uma vida extremamente difícil enquanto agricultora e professora, tendo inclusive sofrido tremendamente com o crash da Bolsa em 1929. Foram exatamente estas suas perdas financeiras que a levaram a ir viver com a filha para a floresta, onde escreveu sobre o tema da vida longe das cidades.

  1. Frank McCourt

Este americano de origem irlandesa que passou grande parte da sua vida em condições miseráveis e de enorme pobreza, acabou por se tornar professor em Nova Iorque. O seu primeiro livro foi publicado quando tinha 66 anos. O seu livro autobiográfico “Angela`s Ashes” tornou-se um best-seller e venceu o prémio Pulitzer.

  1. Raymond Chandler

Um dos principais escritores do estilo “noir” no séc. XX começou a sua carreira como um não muito bem-sucedido jornalista e executivo. Depois da Grande Crise económica de 1929, passou os anos seguintes a escrever histórias de detetives para pequenas revistas. Em 1939, conseguiu publicar o seu primeiro livro “The Big Sleep” que deu a conhecer ao mundo o detetive Philip Marlowe. Chandler acabou por escrever um total de 7 livros, sendo que quase todos foram posteriormente adaptados para o cinema ou televisão.

Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
Loading...

Multipublicações

Marketeer
Black Friday 2019 em números
Automonitor
FIA escolhe Braga como palco do Hill Climb Masters 2020