Sexo depois do divórcio? Eis 6 coisas que vai querer saber

Assustador, entusiasmante e gratificante. Tudo ao mesmo tempo. Perceba porquê.

Terminar um casamento ou relacionamento de longa-duração nunca é um processo fácil. Após anos de convivência subitamente todas as suas rotinas mudam. Sendo certo que muita coisa positiva pode surgir deste novo recomeço, existe igualmente uma enorme incerteza em torno da sua vida e do seu futuro.

É perfeitamente natural que um dos aspetos que comece a considerar é como se irá sentir ao fazer sexo com uma nova pessoa. Esta é uma experiência tão íntima e tão associada ao seu anterior parceiro que pode ser difícil imaginar uma nova realidade.

[Leia também: 8 razões porque o sexo é melhor aos 50 anos]

Este pode ser um aspeto que cause alguma ansiedade e que dificulte futuras interações com interesses amorosos. De forma a ajudar neste processo, os especialistas do portal Considerable reuniram um conjunto de respostas que procuram guiar este novo momento de descoberta.

 

  1. É provável que sinta todo o seu corpo a “arder”

Fazer sexo com alguém novo e diferente é sempre uma experiência entusiasmante. Sobretudo se a vida sexual no seu anterior casamento fosse inexistente ou pouco satisfatória é normal que agora sinta um enorme desejo. Sobretudo as mulheres parecem registar alterações hormonais e um renovado sentido de autoestima que as faz sentir novamente desejadas e atraentes. Deve ter apenas cuidado em não se envolver com uma qualquer pessoa sem que esteja pronta e procure sempre definir bem o teor da relação nova que está a iniciar.

  1. Pode sentir que está a fazer algo de errado

Durante a fase inicial e nos primeiros momentos íntimos com uma nova pessoa pode sentir-se algo estranha. Um pouco como se estivesse a fazer algo errado ou ainda com uma sensação de que está a trair o seu anterior parceiro. Esqueça isso. É normal que estas primeiras experiências não corram ainda da melhor forma, especialmente se tiver passado bastante tempo desde a sua última vez. Existe ainda uma bagagem que terá que aprender a libertar.

  1. Tenha atenção aos seus requisitos mínimos

Dada a vontade de se voltar a sentir desejada, sexy e atraente é possível que se sinta tentada a baixar um pouco os seus standards e envolver-se com as pessoas erradas apenas para se sentir viva. Não existe problema algum em optar por encarnar a sua própria Samantha da série “Sexo e a Cidade” e procurar o prazer alheio sem compromissos. No entanto tente sempre perceber se é isso que deseja realmente e seja sincera com os seus parceiros. Caso, em alternativa, tenha uma baixa autoestima e um enorme medo de estar sozinha não “salte” imediatamente para uma nova aventura que possa não ter as características que procura. Não se contente com uma nova relação que não vai trazer gratificação.

  1. Vai atrair homens mais novos

Muitos homens, especialmente quando são mais jovens, tendem adorar uma mulher mais madura e experiente. Podem olhar para si como alguém confiante e entusiasmante que lhes pode ensinar muita coisa. Sabem igualmente que provavelmente não terá tão cedo vontade de voltar a comprometer-se seriamente ou, até mesmo, casar. Aprecie esta atenção e divirta-se.

  1. Pode sentir-se realmente valorizada pela primeira vez na vida

Depois de terminar o seu casamento e de se sentir triste ou magoada, é natural que a sua próxima aventura romântica e sexual possa parecer incrível. Vai sentir que está com uma pessoa que lhe dá a atenção que merece, que a respeita e que a aprecia verdadeiramente. Isso é ótimo, mas deve ter atenção para não deixar “inflacionar” este sentimento. Mantenha-se cautelosa e procure ter maior perspetiva, não se deixe imediatamente encantar por uma nova pessoa só porque é melhor que o seu antigo parceiro. Seja paciente e proteja a sua vulnerabilidade.

  1. Poderá existir a tentação de regressar a uma relação do seu passado

O mais provável é que assim que percebam que a sua relação está a chegar ao fim muitos dos seus ex-namorados comecem a entrar em contacto consigo. Vão estar a atentos à sua página de Facebook, aos seus emails ou até às festas que frequenta.

É certo que pode até existir algum charme ou interesse em recuperar uma relação passada e estar com alguém que já a fez feliz. É verdade que muitas pessoas voltam a encontrar o amor junto de ex-namorados de infância, no entanto tenha cuidado pois tudo depende da situação (e da pessoa em questão). Se esta sua paixão antiga for alguém realmente bom e por quem nutre um grande carinho talvez seja uma ótima ideia entrar em contacto. No entanto se este for alguém que apenas está a tentar aproveitar-se de uma mulher mais vulnerável, então aqui o melhor será mesmo manter a distância.

 

[Leia também: Sabe a idade em que homens e mulheres são mais atraentes para o sexo oposto?]

 

 

Ler Mais
pub


Artigos relacionados
Comentários
Loading...