Tem mais de 50 anos e não sabe escolher a base certa? Nós damos uma ajuda

O papel fundamental da base na pele madura é o de devolver o brilho e jovialidade. Porém, é necessário ter cuidado na escolha.

Com o passar do tempo, a pele muda. A pele madura tem como principais pontos a falta de elasticidade, hidratação e também flexibilidade. Porém, escolha de uma base para pele madura pode ajudar a repor alguma características.

Opte por bases líquidas
Estas possuem um acabamento mais natural, além de serem mais fáceis de aplicar no rosto com esponjas e pincéis. De preferência é recomendado que também seja hidratante. Para melhores resultados, é recomendado que possua o efeito semi-glow, e em poucos casos mate, ou que tenha uma cobertura intermediária.

Acabamento luminoso
As bases com efeito luminosos, como a semi-glow, são uma excelente escolha. Além de deixarem a pele com mais brilho, o seu acabamento faz com que a pele não fique tão seca.

Já a base mate é mais seca. O seu uso incorreto pode originar a que as linhas finas do rosto fiquem em .

Com protetor solar
Escolha bases que tenham fator de proteção solar, também conhecido como base protetor solar, estas podem ajudar na prevenção de manchas.

Escolha bem a cobertura 
Cada base possui uma cobertura diferente. Podendo escolher entre cobertura leve, média e alta, o mais indicado para peles maduras é que sejam de leve a média .

Escolha bases com agente hidratantes
Com o passar dos anos a pele vai perdendo componentes necessários. Algumas vitaminas importante, como a vitamina C e a vitamina E e vitamina B5, tem funções importantes: além de lubrificar, elas revigoram e regeneram a pele.

Tom da base
O tom tem que ser o certo, pois caso contrário, não realçará a pele. Um erro comum é testar a base em mãos e braços, mas para garantir o tom certo, é preciso que o teste seja feito no próprio rosto.

Ler Mais


loading...
Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

21 − 20 =