“Uma Voz Perdida na Guerra” é um romance que regressa aos momentos do terror nazi

Esta história de amor, perda e inocência roubada é inspirada num episódio verídico da Segunda Guerra Mundial.

O primeiro romance de Cesca Major transporta o leitor de volta para o século passado, uma altura carregada de histórias, a maior parte tristes. A autora volta a uma época marcada por alguns dos acontecimentos mais negativos na história da humanidade e cria uma história de amor, que promete enternecer o leitor.

Após a derrota alemã na Segunda Guerra Mundial, Adeline refugiou-se no convento de Santa Cecília, no sudoeste de França. Desde que apareceu à porta daquele lugar, não é capaz de falar. As freiras que a cuidam não entendem o seu silêncio. Mas a verdade é que Adeline carrega um segredo.

Sebastian é um banqueiro judeu que vive na cidade francesa de Limoges. Apaixonou-se pela encantadora Isabelle, que habita em Oradour, uma aldeia ali próxima. A paixão entre ambos é intensa, e irá mudar o curso das suas vidas.

Tristan é uma criança de 9 anos que se muda com a família de uma Paris em guerra para a quietude de uma aldeia rural numa zona não ocupada.

À medida que a guerra avança, os destinos destas personagens cruzam-se.

Cesca Major estudou História na Universidade de Bristol, no Reino Unido, e trabalhou em televisão, antes de se tornar professora de História. Escreve regularmente para os sites Novelicious e Writers and Artists, onde ajuda novos escritores a desenvolverem as suas competências.

Género: Romance

Páginas: 336

Editora: Topseller

Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
Loading...

Multipublicações

Marketeer
Nestlé lança nuggets e hambúrgueres vegetarianos
Automonitor
Que carro compro agora? Ramón Calderón aconselha um carro a GNC