Estes são os 10 chalés de esqui mais caros do mundo

O Top 10 Ski Ranking da Engel & Völkers revela que o chalé de esqui mais caro do mundo encontra-se em St. Moritz, Suíça, com um preço avaliado em 46,2 milhões de euros. Em causa está uma «residência exclusiva na área de Suvretta». Seguem-se a austríaca Kitzbühel com propriedade de luxo por 30 milhões; Zermatt (Suíça), cujo preço máximo é de 20,3 milhões de euros e Aspen (Colorado) com 19,5 milhões de euros por «uma residência de esqui num local privilegiado».

Apesar da pandemia, o mercado de propriedades de esqui mantém-se estável. De acordo com Sven Odia, CEO da Engel & Völkers AG, «os compradores atribuem particular importância à possibilidade de usar o seu imóvel durante todo o ano, e valorizam a segurança e fácil acesso, o espaço suficiente para assegurar a privacidade, e a fiabilidade das telecomunicações para assegurar o teletrabalho sem dificuldades».

«As regiões de esqui da Europa, juntamente com as dos EUA e Canadá, apresentam uma grande estabilidade nos preços», assinala Sven Odia, acrescentando que «a elevada procura está a levar muitos clientes a dirigirem a sua atenção para estâncias que ficam na periferia das principais regiões de esqui. Também aí estão a registar-se subidas de preços semelhantes».

De acordo com a informação divulgada pela Engel & Völkers, «os dados utilizados no ranking baseiam-se nos preços mais elevados pedidos para residências privadas e nos preços mais elevados por metro quadrado para apartamentos de habitação própria no mercado em resorts de esqui de todo o mundo».

Nos apartamentos em regiões de esqui, sempre com preços por metro quadrado, «Gstaad (Suíça) está no primeiro lugar com um preço máximo de 33.850 euros». Nos EUA podem ser necessários «até 26.900 euros, como se verifica em Vail, Colorado», preço que «coloca o resort de esqui americano no segundo lugar no ranking», refere o estudo. Kitzbühel, na Áustria, vem em terceiro lugar, com 25 mil euros.

O quarto posto é do resort de esqui de Aspen, também no Colorado: até 22.800 euros.

Os resorts suíços de St. Moritz e Zermatt ocupam o quinto lugar – onde os preços chegam aos 18.500 euros em localizações premium. As localizações privilegiadas em Cortina d’Ampezzo e Davos (Suíça) registam preços de 16 mil e 12.760 euros, ficando em sétimo e oitavo lugar, respetivamente, no ranking de apartamentos.

Whistler, no Canadá, figura no 9.º lugar da tabela com preços até 12.230 euros. A estância de esqui de Courmayeur (Itália), com preços de 12 mil euros por metro quadrado, encerra a lista.

 

Fonte: Viagens&Resorts

 

Ler Mais


Artigos relacionados
Comentários
Loading...