Guia para encontrar o amor após os 50

Se é solteiro/a – e não quer esse papel para o resto da vida – Leia este artigo. Reunimos algumas dicas para o ajudar a navegar pelos sites de encontros online.

O Mundo mudou muito na última década. Especialmente no que diz respeito às formas e ferramentas que utilizamos para nos relacionarmos com os outros. O digital é agora “rei” neste processo e, como tal, é essencial perceber como nos devemos adaptar a estes novos tempos.

Para Peper Schwartz, professor de Sociologia da Universidade de Washington, o processo de encontrar o nosso parceiro amoroso pode ser bastante semelhante ao planeamento do nosso futuro posto de trabalho. Podemos dizer “eu quero um trabalho” e esperar que alguém venha ter connosco e nos ofereça uma posição ou então podemos proativamente ir em busca de um trabalho novo que cumpra os nossos requisitos.

É aqui que “entram” na conversa as plataformas de encontros online.

Atualmente, de acordo com o Pew Research Center, cada vez mais pessoas com idade avançada estão a utilizar este tipo de serviços. Este centro de estudos afirma que a percentagem de pessoas com 55-64 anos de idade que usam sites ou aplicações de encontros duplicou nos últimos 3 anos, de 6% para 12%.

O número de plataformas de encontros online, especificamente criadas a pensar neste ‘target’, tem igualmente crescido exponencialmente. Sites e aplicações como a Lumen, Silver Singles, The League ou OK Cupid (entre outros) são apenas alguns dos exemplos.

Com toda esta oferta pode ser complicado escolher a melhor forma ou serviço para conhecer pessoas online. Acima de tudo, todos queremos maximizar as nossas experiências positivas e evitar perder o nosso precioso tempo.

É assim essencial perceber quais as melhores estratégias para “navegar” neste Mundo dos encontros online, aumentando as suas hipóteses de encontrar alguém ideal, com quem se consiga verdadeiramente conectar. Junto seguem algumas dicas:

Saiba gerir as suas expectativas

No início, ao usar estes novos serviços, é normal que nem tudo corra bem. Pode muitas vezes cair no erro de começar a falar quase exclusivamente com uma pessoa, trocando mensagens e telefonemas, quando depois ao conhece-la pela primeira vez na vida real, percebe rapidamente que não é compatível consigo, não existindo a tal “química”.

Os especialistas afirmam que uma melhor estratégia será procurar falar online com diversas pessoas simultaneamente e procurar marcar rapidamente um encontro ou café para perceber se esta será uma relação em quer continuar a investir o seu tempo.

Coloque o foco na compatibilidade

Com a quantidade de serviços e sites existentes é essencial que analise qual será aquele que se ajusta melhor aos seus interesses e necessidades. É importante que seja o mais honesto possível aquando da criação do seu perfil, apresentado claramente aquilo que procura num eventual parceiro e relação.

Um estudo realizado em 2017 pelo site de encontros Our Time, indica que 72% dos inquiridos com mais de 50 anos afirma que estão interessados em encontrar amor verdadeiro. 50% afirma estar disponível para situações de “amizades com benefícios”, sendo que 27% afirma estar inclusive disponível para encontros de uma noite.

Assim, garantir que ambos estão “alinhados” relativamente ao que procuram numa relação será fulcral para o eventual sucesso da mesma.

Cuidado com a sua carteira

Utilizar um serviço, site ou app de encontros online gratuito pode aumentar a probabilidade de encontrar um bom “match”. No entanto, muitos destes serviços cobram tarifas de utilização, que podem rapidamente tornar-se num investimento significativo.

Subscrições mensais podem ter um custo que varia entre 15$ a 58$ dependendo do serviço. No entanto na maioria dos casos se subscrever logo 6 ou 12 meses conseguirá obter valores mais atrativos.

Para além do custo associado a estas subscrições, muitas pessoas procuram ajuda para a elaboração dos textos e imagens que compõe os seus perfis. Entre guias online, webinars, workshops e dicas para saber “flirtar” ou sobre criar um Karma positivo para o seu encontro, os custos associados a estes serviços podem significar um “peso” considerável no seu orçamento.

Tenha atenção às fraudes e esquema enganadores

Para além das normais frustrações associadas a encontros amorosos – rejeições, incompatibilidades – tenha cuidado com possíveis esquemas ou pessoas maliciosas que se aproveitam das vulnerabilidades de todos aqueles que procuram amor verdadeiro online.

Em 2018, segundo a Federal Trade Commission, esquemas fraudulentos a envolver este tipo de ‘romence’ foram o tipo de fraude mais frequente nos EUA. O número de vítimas tem aumentado consideravelmente nos últimos anos, tendo os números duplicados entre 2015 e 2018.

As pessoas mais afetadas por este tipo de esquemas são aqueles com idades entre os 40 e 69, que muitas vezes tendem a enviar dinheiro online para pessoas que conhecem nas plataformas online.

Caso esteja à procura de amor online, o melhor é mesmo ter cuidado não só com o seu coração, mas sobretudo também com o seu dinheiro e segurança. Para tal, procure sempre fazer o máximo de pesquisa online sobre a pessoa com quem está a falar, independentemente de achar que isso possa parecer algo paranóico. Nunca sabemos verdadeiramente quem está do outro lado.

 

 

 

Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
Loading...

Multipublicações

Marketeer
Lego lança minissérie no YouTube
Automonitor
Portugal a caminho de bater recorde de produção anual