Saiba o que deve evitar fazer nas relações do século XXI

Comece por compreender que no mundo online não é fácil namorar.

Para explicar os erros que pode estar a cometer, se estiver de volta ao mundo dos descomprometidos, nada melhor do que começar pelo mais básico. A seguir, fica a saber – com algumas dicas de Shirley Goldberg, uma escritora de romances, que tem o seu próprio blog especializado em relações online para pessoas com mais de 50 anos -, o que deve evitar fazer se “mergulhar” no periclitante mundo virtual, para encontrar um namorado.

Desconhecer as dificuldades de uma relação online

O primeiro cuidado que uma pessoa deve ter, antes de se envolver numa relação online, é que esta tem algumas dificuldades que prometem tornar essa experiência inesquecível pelas piores razões.

Uma relação online tem as suas próprias regras, a mais importante é que o anonimato característico do mundo virtual, geralmente, leva a possíveis maus comportamentos.

Primeiro, saiba que quando o outro não corresponde com o que procura, deseje-lhe boa sorte, assim a educação impera. Contudo, por trás de uma máscara, a maior parte das vezes, os maus comportamentos são mais visíveis. Há casos que são conhecidos por fantasmas, por exemplo, quando desaparecem depois de dialogarem por algum tempo; outros que ignoram enquanto fingem ter interesse e mentem sobre a sua altura, peso e idade no seu perfil online.

Por exemplo, a rejeição é uma parte normal do namoro, especialmente quando a relação ainda só existe no online. A pessoa que rejeita não conhece o outro, portanto, não deve levar para o lado pessoal.

Ter os seus interesses e objetivos mal definidos

Elabore uma lista com os seus medos. Pesquise, converse com amigos, especialmente do mesmo sexo da pessoa com quem se pretende criar uma relação, pois esses amigos podem garantir-lhe que um encontro com público e a não pressionar nada são as melhores maneiras de evitar mais dúvidas.

Perfil das redes sociais sem movimentação ou desatualizado

Certifique-se de que o seu perfil mostra, através de fotos ou publicações, que é uma pessoa positiva. Evite qualquer coisa que lhe possa parecer negativa porque, é algo que vai pesar na ideia que os outros vão criar de si.

Publique uma anedota, frases simples de uma ideia partilhada pela sociedade ou uma música. Essas pequenas informações tornam um pouco mais fácil para os outros lerem o seu perfil e poder ser um início de conversa.

O seu perfil é como um trabalho em andamento. Continue a publicar ou faça alterações.

Fotos de perfil desinteressantes ou pouco apelativas

Este é outro erro comum. As fotografias são um dos principais motivos para o começo de relações online, especialmente depois dos cinquenta anos.

Tem de ter pelo menos três excelentes fotos. Uma foto da cabeça ou da cara pelo menos, outra de corpo inteiro e ainda uma foto a fazer algo que realmente goste.

Escrita genérica

Não está a cometer um erro se aproveitar um detalhe das informações do perfil da outra pessoa e comentar sobre ele. É, aliás, um bom desbloqueador de conversa e garante que ela vai estar interessada. Fuja àquelas conversas simples e aborrecidas, que na verdade ninguém está interessado.

Tirar tempo para escrever um par de pensamentos sobre uma pessoa específica é um claro indicador de que está interessado ou de que essa pessoa está interessada em si.

Ser uma pessoa demasiado bondosa

Preparar um primeiro encontro é difícil defini-lo, pense em como a outra pessoa é apenas quando o conhecer melhor. Se por acaso marcaram uma data, cancelaram no dia anterior, remarcaram e no dia do encontro ela liga para mudar o local porque tinha planos de que se tinha esquecido, isso pode significar, que está com uma pessoa indefinida ou pior está apenas a mostrar um falso interesse.

Dê o benefício da dúvida, mas não deixe que abusem de si ou da sua boa vontade. Não se esqueça que o caráter de uma pessoa está nos detalhes.

Tentar apressar o processo de conhecer a pessoa

Sabe que não existe um relacionamento instantâneo e que conhecer uma pessoa nova é um processo que pode ser longo ardiloso. Sair noites seguidas não dá muito tempo para respirar, muito menos pensar e ponderar no que está a ser dito e feito.

Deixe passar algum tempo para pensar entre os encontros, isso vai permitir saborear a experiência e até pode conhecer melhor a outra pessoa. Ir devagar nunca é um erro no mundo das emoções, muito menos quando falamos na transição do online para o real.

Dar demasiada importância ao primeiro encontro

Se estiver nervoso ou sem ideias, um primeiro encontro é um bom momento para perguntar à outra pessoa sobre a ideia de um dia perfeito e partilhar a sua.

Artigos relacionados
Comentários
Loading...