Sismo no centro-norte de Itália faz centenas de deslocados

Saiba mais

Centenas de famílias foram deslocadas devido ao terramoto de magnitude 4.8 que atingiu hoje de manhã as regiões italianas de Toscana e Emilia Romagna (centro-norte), informaram fontes locais, após um primeiro levantamento de casas potencialmente inseguras, avança a Lusa.

Segundo a agência noticiosa italiana Ansa, só numa cidade, Tredozio, há 140 edifícios onde estão a ser feitas verificações de estabilidade na sequência do terramoto, disse o governo provincial de Forli-Cesena.

“Teme-se que o número de famílias desalojadas possa ascender a várias centenas”, declarou o presidente da província e presidente da Câmara de Cesena, Enzo Lattuca.

“Os meus colegas presidentes de câmara estão agora a providenciar o primeiro acolhimento e o alojamento adequado para as dezenas de famílias que ficaram fora das suas casas””, acrescentou.

Para já, não há relatos de quaisquer vítimas.