10 dicas para não entrar em depressão

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS) a doença deverá ser, até 2030, a segunda maior causa da perda de qualidade de vida no mundo.

A depressão é uma doença que ainda é pouco compreendida pela sociedade em geral, que afeta o estado de humor e reduz a capacidade de sentir satisfação ou prazer com as coisas da vida. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS) a doença deverá ser, até 2030, a segunda maior causa da perda de qualidade de vida no mundo.

Até mesmo pessoas famosas como Paula Fernandes, Padre Fábio de Melo, Whinderson Nunes, Alok, Adele e até o comediante Jim Carrey, não estiveram imunes a serem afetadas, e assumiram publicamente ter depressão, mostrando que é uma doença muito mais comum, frequente e séria do que a maioria das pessoas imagina e que ninguém está isento de passar por isto.

Conheça o problema

Numa das suas reflexões filosóficas sobre a depressão, o filósofo, escritor, jornalista e investigador Fabiano de Abreu define a importância de se perceber verdadeiramente do que se trata esta doença, como forma de evitar pré julgamentos equivocados: “este é o tipo de sentimento que só sabe realmente os seus sintomas quem tem ou teve, pois, é tão grave e pode ser tão intenso, que pode levar até a morte. Há quem diga que a depressão é coisa de quem não tem nada em que pensar. No entanto, isso não é verdade.

Como surge a depressão

Segundo o filósofo, a depressão surge com o acumular de problemas não resolvidos: “Devemos tentar combater a solidão resolvendo os pormenores que no seu somatório podem levar à depressão. Pois, quando chega, dependendo da gravidade, somente através de tratamento com profissionais da área médica é possível superá-la, podendo tornar-se algo fora de controle. A depressão é o acumular de tristezas que podem ser odespoletadas por uma tristeza inicial mal resolvida que se potencializa, e ao se potencializar projeta em nossas demais tristezas também uma potência, além de criar mais tristezas, multiplicando-se, como um cancro que se espalha. E assim todos estes sentimentos e tristezas potencializadas formam a depressão”.

Como combater a depressão

O filósofo deixa 10 conselhos muito simples, que podem ser eficazes para prevenir e combater a depressão. Confira:

1 — Veja o lado positivo em tudo

Tudo na vida tem um lado positivo. Todos os acontecimentos maus têm um lado positivo. Basta um pouco de criatividade para encontrar esse lado menos negativo e assim procurar o alívio necessário para não sofrer. 

2 — Resolva a sua tristeza 

Resolva a sua tristeza para que ela não se potencialize e assim potencialize as demais tristezas e acumuladas dentro de si, de modo a que se transforme numa depressão.

3 — Resolva os seus problemas 

Não protele os seus problemas. Os nossos problemas existem para serem resolvidos. 

4 — Tudo na vida passa

Tenha a certeza e convicção de que tudo na vida passa. Não tome medidas impulsivas, já que tudo se transforma, e se modifica. 

5 — O passado já passou

Não se prenda ao passado. Viva o melhor presente para que no futuro tenha as melhores recordações. 

6 — Autorreconhecimento

Faça um autorreconhecimento para saber lidar melhor com todo o universo, fazendo sobressair o melhor de si. 

7 — Desabafo de confiança 

Desabafe sobre o que o incomoda ou o deixa triste com pessoas da sua confiança. A opinião do outro pode ajudar ou causar alívio. 

8 — Ocupe o seu tempo 

Ocupe o seu tempo para cumprir as suas metas: sejam elas profissionais ou para o bem-estar físico.

9 — Aja agora 

Não deixe para amanhã o que pode fazer hoje, ou o marasmo e a falta de acontecimentos e resultados poderão resultar em depressão. 

10 — Transforme sentimentos e emoções

Use a sua ansiedade para ocupar o seu tempo com coisas úteis. Use a sua ira para transformá-la em criatividade, para assim obter novas conquistas. Deste modo, não terá tempo de pensar nas coisas ruins da vida e terá mais momentos felizes e de plenitude.

Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
Loading...

Multipublicações

Marketeer
Spotify reinventa (com humor) clássicos da música
Automonitor
Club MX-5 Portugal numa aventura pelos Vinhos do Alentejo