Sementes de Chia. Conheça os principais benefícios para a saúde

Este superalimento rico em fibras, antioxidantes, vitaminas e minerais é um grande aliado na prevenção de doenças e melhora a qualidade de vida.

O facto de as sementes de chia serem consideradas um superalimento já é um indicador de que contêm benefícios para a saúde. Nos últimos anos os seus efeitos têm sido, cada vez mais, reconhecidos pela comunidade científica da área da saúde. 4 vantagens do seu consumo:

 

  1. Alimento rico em fibras e aliado contra diversas doenças

Com efeito, para adultos com mais de 50 anos, é recomendada, nos homens, a ingestão de 30 gramas de sementes de chia por dia. No caso das mulheres, é aconselhada o consumo diário de 21 gramas.

Alimentos ricos em fibras (frutas, hortícolas, nozes, sementes e grãos) são muitas vezes sugeridos como forma de contrariar um baixo consumo. Adotar uma dieta com elevado teor em fibras pode diminuir a prevalência de crises de diverticulite e ainda pode reduzir a pressão e a inflamação no cólon.

As dietas com elevado teor de fibras estão também associadas a um menor risco de desenvolver diabetes. Os pacientes com diabetes tipo 2, no entanto, podem ainda beneficiar do consumo destas sementes, pois as fibras ajudam a manter a glicemia estável.

Aliás, um estudo demonstrou que os pacientes com esta doença, que ingeriam as sementes de chia, apresentavam melhorias não apenas nos níveis de açúcar no sangue, mas também na redução da pressão arterial e dos níveis de colesterol.

Além disso, as fibras conseguem regular o sistema imunológico e, assim, diminuir o risco de doenças relacionadas com inflamações, como doenças cardiovasculares, diabetes, cancro e obesidade.

 

  1. Ómega-3 de fonte vegetal é importante para a saúde cardiovascular

Entre as fontes vegetais mais ricas em ómega-3 estão as sementes de chia. O ómega-3 pode diminuir o risco de trombose e arritmias, distúrbios que podem levar ao aparecimento de ataques cardíacos e acidentes vasculares cerebrais.

Estes ácidos gordos essenciais podem também diminuir os níveis de LDL (conhecido como “mau colesterol”), colesterol total e triglicerídeos.

 

  1. Os antioxidantes ajudam na digestão e desintoxicação do organismo

A elevada quantidade de antioxidantes, que está presente nas sementes de chia, é mais um dos benefícios do seu consumo.

Os antioxidantes combatem a produção de radicais livres, que podem danificar as células e contribuir para o envelhecimento precoce e causar doenças como o cancro.

Uma dieta com este superalimento evita a obstipação e promove a regularidade do trato gastrointestinal. Ter os movimentos intestinais regulares é crucial para a excreção diária de toxinas através da bile e fezes.

 

  1. Mais cálcio do que nos laticínios e bom para os ossos

As sementes de chia são ricas em muitos minerais importantes, como o cálcio, o fósforo e o magnésio, que contribuem para uma boa saúde dos ossos.

O que mais impressiona na composição das sementes de chia é, talvez, a quantidade de cálcio, – em apenas 25 gramas consegue fornecer mais do que os laticínios. Logo, este superalimento pode ser uma boa forma de obter este mineral, nomeadamente, para aqueles que são intolerantes à lactose.

 

 

Ler Mais


Artigos relacionados
Comentários
Loading...