Como manter a confiança e autoestima depois dos 50

Alguns têm confiança para dar e vender; outros precisam de alguma ajuda para fortalecer essa emoção.

Para alguns, ser confiante é algo natural. Estas pessoas acreditam realmente nas suas ideias, capacidades e possibilidades. Sentem-se capazes de enfrentar obstáculos pois sentem ter qualidades suficientes para os ultrapassar. Infelizmente isto não é verdade para todas as pessoas. Alguns de nós têm dificuldade em se manter confiantes e necessitam de um maior apoio e motivação.

Esta emoção varia obviamente ao longo da nossa vida e dependendo das situações. Sofre “altos e baixos”. No entanto os dados indicam que quanto maior for a estabilidade emocional, quanto melhor for o estado de saúde e o sentimento de se ser socialmente aceite, maior será também o nível de confiança. Já quando sofremos algumas derrotas, como a perda de emprego ou divórcio, é natural que a nossa autoestima sofra também um pouco.

Por vezes pode ser impossível controlar fatores externos, no entanto é sempre possível mudar a forma como percecionamos tudo aquilo que nos acontece. Conheça algumas dicas para se manter confiante e para evitar quebras de autoestima.

  1. Aprenda coisas novas

Descobrir coisas novas é algo que afeta realmente a “química” do seu cérebro. A mielina é um elemento existente no cérebro responsável pela aprendizagem. Quanto mais aprende, mais denso se torna este elemento e mais fácil se torna ainda aprender coisas novas.

Aprender novas coisas também nos faz sentir melhores. Sentimos um certo entusiasmo por sermos capazes de atingir algo. Isto faz com que sinta um maior orgulho e autoconfiança.

  1. Faça algo fora da sua zona de conforto

Isto é algo que pode ser difícil. Tentar coisas novas pode ser uma experiência que nos faz sentir um grande desconforto e medo. Temos receio de falhar, de não sermos bons. No entanto deve lembrar-se que aqui o importante é somente tentar algo novo. Independentemente de ser bom ou não, de conseguir sair vitorioso ou não. Simplesmente tentar algo que o deixa nervoso, vai fazer com que no final se sinta realizado e corajoso, ajudando desta forma a que se sinta mais confiante.

  1. Volte a fazer algo que não correu tão bem

Todos já passámos pela experiência de tentar algo e falhar rotundamente. Ora, tentar novamente essa mesma coisa mais tarde pode obter resultados bem mais positivos. O simples facto de estarmos mais maduros, experientes e com uma outra mentalidade pode ajudar a que consiga concretizar certas coisas que antem pareciam impossíveis.

  1. Dê a si mesmo um desafio possível de ser atingido

Escolha fazer algo que sabe que consegue fazer, mas que por alguma razão nunca experimentou. Escolha algo fácil que se adapte ao seu estilo de vida. Fazer uma aula de yoga, juntar-se a um clube de leitura ou fazer um workshop de pintura, são tudo bons exemplos. O facto de conseguir concretizar algo pequeno irá dar-lhe um sentido renovado de gratificação e um boost de confiança.

  1. Comece por fazer coisas sozinho

É certo que conviver com outras pessoas é algo que pode ser extremamente saudável. Fazer coisas em conjunto com outros pode melhorar o nosso estado emocional e deixar-nos mais felizes. É importante contar com o apoio e motivação dos nossos amigos. No entanto, é também igualmente importante que faça coisas sozinho e saiba apreciar o tempo que passa isolado. Quando fazemos algo apenas devido ao nosso próprio esforço sentimos uma gratificação muito maior. Sentimos que somos capazes de atingir qualquer coisa sem necessitar das opiniões ou ajuda de outros. O recomendado é que encontre um equilíbrio saudável entre as coisas que faz sozinho e as que faz com os outros.

Ler Mais
pub


Artigos relacionados
Comentários
Loading...