Conheça os melhores espumantes tradicionais portugueses

Os momentos festivos são sempre marcados pela abertura de uma garrafa de vinho espumante. Mas o potencial desta bebida vai muito para além das ocasiões especiais.

Para beber a solo, acompanhar refeições de mariscos, carnes ou sobremesas, são várias as opções existentes. A Wine Pleasures selecionou os 50 melhores espumantes produzidos de acordo com os métodos tradicionais, abaixo de 25 euros, de entre uma seleção de 157 de mercados do novo e velho mundo. E os produtores portugueses conquistaram 10 honrosas medalhas de ouro e prata no ranking “50 Great Sparkling Wines of the World 2019”, incluindo a primeira posição. Conheça os 10 melhores de Portugal.

1: Adega de Palmela Meio Seco 2014, Adega Cooperativa de Palmela | 6€

Obtido a partir de uma curta maceração pelicular e fermentado pelo processo de bica aberta a baixa temperatura, de forma a preservar todo o seu aroma, este vinho branco espumante é produzido através do método clássico com a segunda fermentação em garrafa. Com uma temperatura de consumo aconselhada entre os 6 e os 8o C e um período de consumo de cerca de cinco anos, é excelente para ocasiões especiais ou acompanhar doçaria. De cor amarelo citrino, com fragrâncias de flores brancas, flor de laranjeira e mel, é muito cremoso na boca, com uma agradável sensação de doçura e o equilíbrio de uma acidez delicada e fresca. A bolha fina e persistente torna-o cheio de presença, elegância e personalidade.

2: Quinta do Encontro Sparkling Rosé, FRUTADO E ELEGANTE, NO AROMA É INTENSO EM CEREJA, MORANGO E FRAMBOESA 

Obtido a partir das castas de Touriga Nacional, este espumante tem uma cor rosada definida, com uma bolha fina e persistente. Frutado e elegante, no aroma é intenso em cereja, morango e framboesa. Harmoniza com a cozinha mediterrânica ou asiática, ou simplesmente como aperitivo. Tem um estágio mínimo de seis meses em cave e um mês após dégorgement, e uma temperatura de consumo aconselhada entre 6 e 8o C.

3: espumante cartuxa 2012 Cartuxa, Fundação Eugénio de Almeida – 9,66€

Produzido a partir de uvas da casta Arinto, este vinho espumante foi obtido pelo método clássico e é marcadamente fresco e elegante, graças aos frutos rigorosamente selecionados e colhidos no estado de maturação ideal para a produção de um vinho base de espumante. A fermentação alcoólica é feita em depósito de aço inoxidável, com temperatura controlada, estagiando sobre borra fina durante seis meses, com botônnage periódica. A espumantização é realizada pelo método clássico, nas caves do Mosteiro da Cartuxa. O dégorgement é realizado após um período de cinco anos de estágio em garrafa. Deve ser servido a 10o C.

4: Casa de Santar Vinha dos Amores Touriga Nacional 2014, Casa de Santar Castas – 24,90€

Frutado com abundante mousse crocante, este vinho espumante, produzido a partir de uvas da casta Touriga Nacional, tem uma acidez irreverente que lhe transmite elegância, persistência e originalidade. O aroma complexo e distinto é predominante em geleia de frutos vermelhos, biscoito e pão torrado, tornando-o ideal como aperitivo, para acompanhar iguarias não muito condimentadas à base de peixes e carnes brancas, sobremesas, ou em momentos de lazer. Tem um estágio mínimo de 24 meses em cave e três meses em garrafa e deve ser consumido a 8o C.

5: Adega de Palmela Brut 2014, Adega Cooperativa de Palmela – 6€

Tal como o seu irmão Meio Seco, também este Adega de Palmela Brut 2014 é obtido a partir de uma curta maceração pelicular e fermentado pelo processo de bica aberta a baixa temperatura, de forma a preservar todo o seu aroma. Perfeito para ocasiões especiais, como aperitivo, ou a acompanhar peixes e mariscos, tem uma cor amarelo citrino, com fragrâncias de flores brancas, flor de laranjeira e mel. Muito cremoso na boca, com uma agradável sensação de doçura e o equilíbrio de uma acidez delicada e fresca. De bolha fina e persistente, tem uma temperatura de consumo aconselhada entre 6 e 8o C.

6: Côto de Mamoelas 2015, Provam – 13,50€

Com uvas 100% Alvarinho, previamente selecionadas e exclusivamente transportadas em caixas de 20 quilos, este espumante é produzido com o mosto lágrima (sem prensagem). Tem bolha fina e um persistente aroma com presença da casta, mineral, com algum tostado/bolacha e complexidade, devido ao estágio em garrafa. Encorpado, seco (bruto natural), boa acidez e final a fruta, onde persiste a casta. Deve ser bebido a uma temperatura entre 6 e 8o C. É ótimo como aperitivo e acompanhamento de carnes assadas e grelhadas, particularmente carne de aves, cabrito, borrego e leitão.

7: Casa Ermelinda Freitas Espumante Branco Bruto, Casa Ermelinda Freitas – 4,35€

Este vinho espumante, obtido a partir das uvas das castas Fernão Pires e Arinto, é ligeiramente fermentado em cubas de inox com temperatura controlada a 16-18o C. A segunda fermentação é realizada em garrafa segundo o método champanhês, seguida de um estágio mínimo de nove meses em garrafa, sendo aconselhado guardar durante cinco anos. De cor amarelo brilhante, frutado, a lembrar citrinos e frutos tropicais, tem boa estrutura e acidez, que lhe dá frescura e longevidade. O final de boca lembra fruta, fresco e agradável, sendo ideal como aperitivo ou a acompanhar carnes gordas.

8: Luiz Costa Pinot Noir & Chardonnay Bruto Natural 2015, Caves São João – 17,50€

De cor amarelo palha, aroma a casca de citrinos, flores secas, ligeira tosta, biscoito de manteiga, cera de abelha, entre outras notas aromáticas de paleta rica e complexa. No sabor, este espumante possui ataque muito fresco e excelente textura. A mousse é cremosa e possui boa persistência gustativa. Deve ser consumido entre 9 e 10o C e recomenda-se o acompanhamento com ostras, peixes, carnes brancas ou queijos.

9: Castas de Monção 2015, Provam – 8,90€

Produzido a partir dos mostos lágrima das castas Alvarinho e Trajadura, este espumante de bolha fina e persistente tem um aroma elegante e complexo. Todo o processo de produção reúne a máxima expressão das duas castas, resultando num espumante elegante, fresco, vibrante e muito gastronómico. Encorpado, seco, boa acidez, fresco, crocante e cremoso com final persistente, deve ser bebido entre 6 e 8o C. É excelente para acompanhar com frutos do mar, carnes grelhadas e assados no forno.

10: Cabriz Espumante Bruto 2014, Global Wines – 6,99€

O processo de vinificação deste espumante passa pelo esmagamento com desengace total, prensagem pneumática suave, clarificação estática natural e fermentação alcoólica a 16o C. Tem um estágio mínimo de 12 meses em cave e dois meses em garrafa após dégorgement, sendo o resultado final um aspeto cristalino, com bolha fina e persistente e cor citrina definida. Com aroma predominante de geleia de frutos de polpa branca, citrinos, cereal tostado e biscoito, o sabor é frutado, fresco, elegante, harmonioso e termina com mousse crocante e cativante. Para beber como aperitivo, iguarias não muito condimentadas à base de peixes e carnes brancas e sobremesas, a uma temperatura de consumo de 8o C.

Ler Mais
pub


Artigos relacionados
Comentários
Loading...