Está a engordar? Se calhar anda a dormir mal

Ora verifique.

Investigadores têm encontrado importantes associações epidemiológicas entre o prejuízo no padrão habitual do sono e a obesidade.

Várias pesquisas mostram que as pessoas que não conseguem dormir o suficiente tendem a ficar obesas, pois o sono curto aumenta o nível de grelina (hormona que aumenta a fome) e reduz a de leptina (hormona que desacelera o apetite), aumentando também o apetite e a fome. Isso pode causar um aumento do consumo calórico e, consequentemente, a obesidade.

O sono é importante para a saúde, mas os investigadores descobriram que a duração do tempo de sono pode estar diretamente ligada ao aumento do índice da massa corporal (IMC). Ou seja, quanto mais curto for o tempo de sono, maior será o risco de ganhar peso.

Se quer manter um peso saudável, certifique-se de que dorme pelo menos 7-8 horas por noite.

Dormir pouco prejudica a queima de gordura e a privação de sono também pode desregular os níveis de açúcar no sangue e levar o corpo a produzir menos leptina e mais grelina.

Isso significa que quem não dorme o suficiente tende a sentir mais fome e a ter vontade de comer alimentos calóricos e pouco saudáveis.

Além disso, o cansaço crónico causado pelo mau descanso também pode afetar o humor e a produtividade, impactando negativamente a qualidade de vida.

 

Ler Mais


loading...
Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

65 + = 71