Turista inglês pode ser o primeiro estrangeiro contaminado com listeriose em Sevilha

Surto da doença já infetou mais de 200 pessoas em Espanha. Cidadão britânico que esteve de férias em Sevilha chegou a ser visto por um médico, mas só lhe foi diagnosticada a doença em França.

Segundo a Direção-Geral de Saúde, a listeriose é uma infeção, habitualmente, associada ao consumo de alimentos contaminados, que apesar de pouco frequente, pode ser grave, especialmente, nos casos de imunodeprimidos e recém-nascidos. Um surto desta doença já afetou duas centenas de espanhóis, sobretudo na capital da Andaluzia, Sevilha.

O primeiro caso detetado no estrangeiro (França) foi de um inglês que voltava a casa, depois de umas férias em Sevilha, onde consumiu um bife de carne infetada em meados de agosto. A listeriose só lhe foi diagnosticado em França.

O diretor do Centro de Coordenação de Alertas e Emergências de Saúde (Ccaes), Fernando Simón, confirmou ao jornal El Mundo, que este pode ser o «primeiro caso do surto de listeriose no exterior» e que este está a ser «investigado por contaminação de carne picada da marca ‘La Mechá’».

A carne dessa marca não é comercializada em Portugal, de acordo com aDireção Geral de Alimentação e Veterinária. Todos os produtos infetados identificados pelo Ministério da Saúde espanhol foram distribuídos na região da Andaluzia e em Madrid.

Artigos relacionados
Comentários
Loading...

Multipublicações

Marketeer
Spotify reinventa (com humor) clássicos da música
Automonitor
Club MX-5 Portugal numa aventura pelos Vinhos do Alentejo