Novo smartphone topo de gama é a mais recente aposta da Xiaomi

O fundo dinâmico do ecrã do Mi 9 é uma das grandes novidades, assim como o seu processador Snapdragon 855. O lançamento apenas está previsto na China, embora a marca já tenha planos para o aparelho chegar à Europa, em data a definir.

O anúncio do lançamento do smartphone de última geração da Xiaomi foi feito esta quarta-feira, 20 de fevereiro. Este novo telemóvel android da marca chinesa tem um design muito semelhante ao Mi 8, mas com um recorte mais pequeno para o notch e três câmaras traseiras. O sistema operativo é o Android Pie, da Google.

O Xiaomi Mi 9 está disponível em três configurações de memória RAM e armazenamento: de 6 GB de RAM e 128 GB de armazenamento interno; 8 GB de RAM e 128 GB de armazenamento e de 12 GB de memória RAM e 256 GB de armazenamento interno.

Este novo topo de gama da marca chinesa tem 155 milímetros de altura, 75 milímetros de largura e 7,6 de espessura. O seu ecrã Super AMOLED conta com 6,4 polegadas de diagonal e uma resolução Full HD+ com 1080×2280 pixels. Por fim, o vidro do Mi 9 está arqueado em todas as suas arestas, para que seja mais ergonómico e aproveite o máximo da área total, em que o ecrã ocupa mais de 90 por cento.

No entanto, há mais novidades no novo telemóvel android da Xiaomi. No topo encontramos a câmara fotográfica frontal de 20 MP, que tem uma abertura focal f/1.8 com 6 elementos. Na traseira do Mi 9 está a câmara tripla, em que a principal detém um sensor da Sony de 48 MP, semelhante ao do Honor View 20; em segundo lugar, está uma câmara com 16 MP de resolução, que apresenta uma lente grande angular, capaz de incluir tudo na fotografia, o que a torna ideal para captar grandes paisagens. Por fim, a terceira câmara, com 12 MP, é capaz de se aproximar do objeto, graças às suas capacidades de zoom ótico de 2x. A Xiaomi destaca, ainda, a possibilidade de explorar a fotografia Macro.

Também, no interior do Mi 9, a Xiaomi prepara-se para ser das primeiras empresas do mundo a ter um processador Snapdragon 855, nos seus smartphones, com 8 núcleos de processamento capazes de atingir uma frequência máxima de processamento de 2,84 Ghz.

Além destas inovações, o novo topo de gama da marca chinesa tem outras características técnicas, como por exemplo, a presença de uma porta USB do Tipo C para carregamento e transferência de dados, bem como o NFC, porta IR, GPS de banda dupla e Bluetooth 5.0. O Mi 9 conta, ainda, com um leitor de impressões digitais no ecrã e uma bateria de 3300 mAh de capacidade com carregamento rápido. Contudo, apesar de o novo modelo da Xiaomi não ser um telefone 5G, suporta uma variedade de redes LTE.

Edições especiais

Esta edição conta com a Explorer Edition, uma versão especial com 12 GB de memória RAM e traseira transparente. A Xiaomi evidencia a chapa de alumínio, com 0,3 milímetros, que ajuda a dissipar o calor.

A marca apresenta, ainda, o Mi 9 SE, uma versão mid-range com um ecrã de 5,97 polegadas e um processador Snapdragon 712.

Artigos relacionados
Comentários
Loading...