Os 5 divórcios mais caros da história

O dinheiro pode não ser garantia de felicidade. Mas pode certamente equivaler a uma enorme dor de cabeça no momento de separação de um casal.

Nos últimos anos temos assistido a diversos divórcios altamente mediáticos. Nenhum, no entanto, se aproxima da escala “amazónica” da separação entre Jeff Bezos, 54, e MacKenzie Bezos, 48.

O homem mais rico do Mundo – que vale cerca de 136 mil milhões de dólares (de acordo com a Forbes) – vivia com a sua (agora) ex-mulher no estado americano de Washington onde a lei afirma que os casais que se divorciam têm que dividir de forma igual os bens que acumularam ao longo do seu casamento.

Este simples facto tornou MacKenzie Bezos na quinta pessoa mais rica do mundo, de acordo com os rankings da Forbes, assim como a mulher mais rica do mundo por uma larga distância. Este divórcio fica igualmente para a história como o mais caro de sempre, especialmente no que diz respeito aos chamados “Gray Divorces” (separações entre casais com 50 ou mais).

Mas este casal está longe de ser o único a separar-se após décadas de convivência. De acordo com o Pew Research Center, desde o início dos anos 90, a taxa de divórcio duplicou entre casais com mais de 50 anos.

Existem um conjunto de razões que podem ajudar a explicar este fenómeno. Alguns referem o facto de muitos “Baby Boomers” estarem ao longo destes últimos anos a atravessar o seu segundo ou mesmo terceiro casamento, o que contribui para uma maior taxa de divorcio. Normalmente, indivíduos que já foram anteriormente casados apresentam uma maior probabilidade de se divorciarem dos seus atuais companheiros.

Outros apontam a simples razão de a esperança média de vida ser agora maior como um fator que origina mais ruturas no casamento. Se está infeliz e sabe que ainda vai estar vivo durante os próximos 20 ou 30 anos, qual a razão para permanecer com o seu cônjuge?

Mas a verdade é que para além de todos estes aspetos, o dinheiro, MUITO DINHEIRO, pode complicar qualquer processo de divórcio, sobretudo no que refere aos avultados acordos de separação de bens que têm que ser negociados.

Veja aqui a lista, criada pelo portal Considerable, dos 5 “gray divorces” mais caros da História.

  1. Jeff e Mackenzie Bezos

Duração do casamento: 1993 até 2019

Acordo de separação de bens: 68 mil milhões de dólares

O homem mais rico do Mundo esteve casado com a sua mulher durante 25 anos. Assim que a separação foi anunciada muitos meios de comunicação tornaram público um alegado caso de infidelidade de Jeff com uma conhecida apresentadora de TV.

  1. Alec e Jocelyn Wildenstein

Duração do casamento: 1978 até 1999

Acordo de separação de bens: 3.8 mil milhões de dólares

O bilionário negociador de arte e empresário divorciou-se da sua mulher após alegadamente esta ter “apanhado” o seu marido na cama com uma outra mulher, que na altura tinha 19 anos.

  1. Rupert Murdoch e Anna Torv

Duração do casamento: 1967 até 1999

Acordo de separação de bens: 1.7 mil milhões de dólares

O “magnata” Australiano esteve casado com a ex-jornalista ao longo de 32 anos. Mas não se preocupe, não vale a pena ficar a sentir-se mal por nenhum deles. Rupert casou novamente apenas 17 dias depois da sua separação com outra mulher e Anna tornou-se instantaneamente numa milionária.

  1. Bernie e Slavica Ecclestone

Duração do casamento: 1985 até 2008

Acordo de separação de bens: 1.2 mil milhões de dólares

O antigo “dono” da Fórmula 1 esteve casado com a antiga modelo da Armani durante 23 anos. Em 2011 havia sido considerado o quarto homem mais rico do Reino Unido, por isso é normal que não tenha sofrido muito com o montante que teve que “dar” à sua ex-mulher.

  1. Steve e Elaine Wynn

Duração do casamento: 1969 até 1986, e 1991 até 2010

Acordo de separação de bens: mil milhões de dólares

O magnata, dono de vários hotéis e casinos em Las Vegas, casou inicialmente com Elaine em 1969, tendo permanecido nessa relação durante 23 anos. Em 1986 divorciaram-se, no entanto, uns anos mais tarde em 1991 voltaram a casar. Este último casamento durou até 2010, altura em que se voltaram a separar.

 

 

 

 

Ler Mais
pub


Artigos relacionados
Comentários
Loading...