Porque é que Bill Gates diz que é mais feliz aos 60 anos do que aos 25?

Bill Gates colocou-se à disposição dos utilizadores da rede social Reddit para responder a algumas perguntas.

Bill Gates colocou-se à disposição dos utilizadores da rede social Reddit para responder a algumas perguntas. Entre todas as dúvidas dos seus seguidores, surgiram duas que levaram o co-fundador da Microsoft a dedicar atenção redobrada: “É feliz?” e “O que o faz feliz?”.

À primeira pergunta, o filantropo de 63 anos respondeu que sim, adiantando que quando tinha 30 anos não acreditava que as pessoas com 60 fossem muito inteligentes ou divertidas. Agora, mudou de ideias: «Perguntem-me dentro de 20 anos e direi quão inteligentes são as pessoas com 80 anos.»

A segunda pergunta, por seu turno, valeu uma resposta ainda mais pessoal. De acordo com Bill Gates, saber que os filhos estão bem é algo muito especial para um pai. Além disso, cumprir os compromissos que estabelecemos connosco próprios, nomeadamente fazer exercício, também aumenta os níveis de felicidade.

Para quem quiser ser tão feliz como Bill Gates, o Business Insider resumiu em quatro pontos aquilo que garante o bom estado de espírito de um dos homens mais ricos do mundo – e, atenção, não é o dinheiro.

1 – Cumprir os compromissos. Ser mais feliz e inteligente à medir que se envelhece não é só uma questão de estudar ou acumular riqueza. Trata-se também de saber escolher que batalhas lutar e que compromissos assumir. Isto inclui deixar um emprego que nos deixa miseráveis e seguir uma área que nos entusiasme de facto;

2 – Dar, dar, dar. A Bill & Melinda Gates Foundation é uma das razões da felicidade de Bill Gates. O co-fundador da Microsoft descobriu que dar pode ser melhor do que receber e não é preciso criar uma fundação: é possível seguir esta abordagem a uma escala mais pequena e ajudar a comunidade local, por exemplo. Também não é necessário que a ajuda seja financeira. Pode ser mentoria ou apoio a uma causa;

3 – O corpo é um templo. Tratar o corpo como um templo é um dos segredos de Bill Gates, segundo o qual o exercício pode mesmo trazer felicidade. No seu caso, o ténis é o desporto de eleição, mas pode ser qualquer outra modalidade. O importante é que o exercício reduz a ansiedade, stress e até depressão;

4 – Pôr a família em primeiro lugar. Entre os 25 e os 63 anos, as prioridades de Bill Gates mudaram radicalmente. Deixou de dar prioridade ao trabalho e à programação para colocar a família em primeiro lugar. Este equilíbrio, no entanto, pode ser difícil.

Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
Loading...

Multipublicações

Marketeer
Spotify reinventa (com humor) clássicos da música
Automonitor
Club MX-5 Portugal numa aventura pelos Vinhos do Alentejo