10 impactos surpreendentes que a chegada do Outono pode ter na sua saúde

O Outono já chegou. Infelizmente pode ter “trazido” consigo muitos destes problemas recorrentes.

É fácil esquecermos o impacto que a mudança das estações pode ter no nosso bem-estar e sobretudo na nossa saúde. A verdade é que as mudanças de temperatura – por vezes algo drásticas – afetam a nossa saúde, muitas vezes para pior.

O Outono traz consigo muitas coisas positivas, é verdade. A beleza da mudança da cor da florestação, a oportunidade de usar os casacos que mais gosta, consumir bebidas quentes e até a possibilidade de comprar viagens mais baratas.

No entanto, para a sua saúde existem um conjunto de questões que se podem acentuar nesta altura do ano e que merecem toda a sua atenção. Conheça aqui as principais, de acordo com os especialistas.

  1. O risco de ataque cardíaco aumenta

O seu coração não é fã deste arrefecimento da temperatura outonal. Os índices de ataques cardíacos aumentam nesta altura do ano, muito por culpa do impacto negativo do frio em questões como o aumento da pressão arterial ou para a formação de coágulos sanguíneos. O melhor é mesmo vestir-se adequadamente.

  1. Os seus valores de vitamina D descem abruptamente

Ao longo de todo o Verão é natural que os valores de vitamina D no seu organismo sejam bastante altos, mais até do que necessário. No entanto, mal a estação muda e o Outono chega, esta situação muda drasticamente.

De acordo com os especialistas, assim que os valores de vitamina D descem, passamos a estar mais suscetíveis a constipações e gripes, mas também a alterações hormonais. Estas alterações podem afetar a sua motivação para trabalhar, para ir ao ginásio e pode inclusive afetar o seu desejo sexual.

  1. Os olhos ficam mais secos

O ar seco e frio do Outono pode contribuir para sentir os seus olhos mais secos, aumentando ainda o ardor nesta região. Caso tenha estes sintomas é recomendado que use gotas oftalmológicas para hidratar os olhos. Obter um humidificador para a sua casa ou usar óculos escuros no exterior são dois cuidados que deverá ter para proteger a sua visão ao longo de toda a estação.

  1. Sente mais dores e mazelas físicas

Costuma sentir mais dores nos meses mais frios do ano? Não é o único. Estudo afirma existir uma relação entre temperaturas frias e um aumento de dores musculares, sobretudo na zona das costas e pescoço.

  1. Sente-se mais deprimido

O Outono deveria ser sinonimo de alegria em família, noites de jogos e lazer em redor da lareira. No entanto está muitas vezes antes associado a uma desordem afetiva sazonal (DAS), que pode contribuir para o aumento de sintomas de depressão. O conselho dos especialistas é que procure substituir os benefícios dos raios de sol do verão por um regime mais disciplinado de ginásio. Vai ver que se irá sentir bem melhor.

  1. E também mais cansado e com menos energia

A desordem afetiva sazonal não afeta apenas o seu estado de espírito. Os seus níveis de energia também sofrem. É natural que se sinta mais lento e menos concentrado nesta altura do ano. Caso seja necessário procure ajuda do seu médico para diminuir o impacto negativo destes sintomas.

  1. A sua pele fica mais seca e vulnerável

O tempo mais frio é particularmente exigente com a sua pele. Os ventos frios contribuem para aumentar a secura generalizada. Deste modo, deverá reforçar a aplicação de protetores solares e de loções hidratantes que reforcem a saúde da sua pele.

  1. Mais dores de cabeça

É comum o tempo de Outono significar um aumento de dores de cabeça. Para esta situação contribui tanto o ar frio como as alterações na pressão atmosféricas, características desta altura do ano.

  1. Maior queda de cabelo

Normalmente as pessoas tendem a perder, em média, entre 50 a 100 fios de cabelo por dia. Nos meses de Outono, estes números costumam-se aproximar dos 100. Se por acaso repara numa maior queda do seu cabelo, não se preocupe. É normal.

  1. Pode ficar mais sedentário

Para alguns, as temperaturas menos quentes de Outono podem parecer ideais para fazer algum exercício exterior, mas para a maioria serão antes provavelmente um convite para ficar em casa. A verdade é que o frio leva muitas pessoas a entrar num “modo hibernação” que determina um abandono quase total de atividade física.

Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
Loading...

Multipublicações

Marketeer
Josefinas abre lojas pop-up em Braga e Lisboa
Automonitor
Lexus estreia primeiro elétrico UX 300e na China