A sua relação perdeu o romance? Conheça as razões que podem ajudar a explicar

Existem alguns motivos que podem estar a provocar este afastamento. Saiba o que deve fazer nestes casos para recuperar a paixão perdida.

Todos gostamos de ouvir histórias românticas. Adoramos gestos inesperados, surpresas e outro tipo de manifestações espontâneas de amor. No entanto, para algumas mulheres ouvir este tipo de histórias pode também ser algo doloroso, na medida em que inevitavelmente podem desejar que as suas próprias relações fossem igualmente mais românticas, mais satisfatórias.

Isto pode causar alguma tristeza. Provoca nostalgia, pode fazer com que deseje lembrar os momentos passados no início da relação quando tudo era mais entusiasmante e apaixonado. A verdade é que para muitos casais é habitual “cair” numa rotina após anos de vida conjugal. O conforto traz alguma displicência e acaba por determinar que as pessoas deixam muitas vezes de estar tão investidas na parte mais romântica da sua relação. É fácil olhar para a pessoa que temos a nosso lado como uma garantia e não como algo que podemos perder.

Tal como as plantas, o amor precisa de atenção, de cuidado. É essencial que o casal procure estimular o romance com frequência de forma a evitar desentendimentos, frustrações e tristezas.

[Leia também: O segredo para “manter a chama acesa” na longevidade da relação]

Felizmente todos temos a capacidade ser um pouco mais românticos e atenciosos. Mesmo aqueles que afirmam não ter tanto “jeito” para isso. Cada um, à sua maneira, pode-se esforçar para demonstrar o seu amor de uma forma mais frequente.

Estas 4 razões podem ajudar a explicar porque é que a sua relação perdeu a componente romântica, segundo defendem os especialistas. Aprenda a ultrapassar estes obstáculos e faça regressar a paixão e o romantismo ao seu relacionamento.

 

  1. Ambos estão presos na rotina

Existem boas razões que podem ajudar a explicar porque sente que já não existe paixão no seu relacionamento. Um dos motivos mais comuns está relacionado com o facto de o casal poder sentir-se refém de uma rotina que não consegue alterar. Certos hábitos e confortos acabam por não deixar espaço para momentos inesperados. Sobretudo quem tem filhos em casa, tem uma maior dificuldade em encontrar momentos de paixão, que fujam à rotina diária aborrecida.

É importante que seja capaz de identificar esta situação e em conjunto com o seu parceiro, procure encontrar formas criativas de quebrar alguns hábitos e tentar fazer coisas novas, entusiasmantes.

  1. Ressentimento e raiva

Estas duas emoções são capazes de eliminar qualquer réstia de paixão que possa existir. Caso existam assuntos ou problemas graves que possam estar a afetar a vida conjugal então estes deverão ser resolvidos assim que possível. Não os ignore. O casal deve procurar conversar sobre todos os tópicos sensíveis que possam estar a criar tensão. Apenas assim eles poderão ser resolvidos ou minimizados, dando espaço a que se estabeleça um ambiente mais leve e positivo. Ambos terão que encontrar um caminho partilhado de reconciliação caso desejem ter um futuro conjugal feliz e, claro, mais romântico.

  1. Não ser capaz de confiar

Quando perdemos a confiança no nosso parceiro tudo muda para pior. Deixamos de nos sentir tão confortáveis, tão seguros, tão capazes de aceitar novos desafios ou aventuras. Não conseguimos estar tão íntimos, temos receio de nos magoarmos.

É possível que tenha boas razões para se sentir assim, no entanto se pretende fazer regressar alguma paixão ao relacionamento estas questões terão que ser resolvidas. Todas as dúvidas e hesitações devem ser debatidas. Seja sobre o passado ou relativamente ao futuro. Até que tudo isto esteja resolvido, e que a confiança regresse, não existirá grande espaço para o romance.

  1. Ideias diferentes sobre o que significa ser romântico

Isto é algo que acontece com frequência. As pessoas têm inevitavelmente ideias um pouco diferentes sobre o que significa ser romântico. Certas pessoas gostam de expressar os seus sentimentos de formas mais subtis, subliminares, outras preferem gestos mais grandiosos e visíveis. Ambos os casos podem representar demonstrações românticas, no entanto nem sempre se ajustam as expectativas desejadas pelos respetivos parceiros. Sendo certo que devemos procurar estar com pessoas que nos consigam amar como desejamos, é também importante ser flexível. Procure expressar o que deseja sem tentar ditar como todas as experiências românticas deverão acontecer.

 

[Leia também: Casamento sem sexo: cinco perguntas e respostas que deve conhecer]

 

Ler Mais
pub


Artigos relacionados
Comentários
Loading...