Problemas na relação? Há aplicações digitais que podem ajudar

A tecnologia oferece sugestões para começar e construir uma relação amorosa duradoura.

São vários os exemplos de aplicações onde pode encontrar a próxima pessoa que preenche os seus requisitos e assim começarem uma relação amorosa. O “Tinder” é o mais conhecido, mas há mais exemplos (gratuitos), como por exemplo a “Badoo”, a “Bumble”, a “happn”, a “Zoosk”, entre várias outras. Uma relação tem maior interesse quando encontramos aquela pessoa que achamos que é “para sempre”.

Nos dias de hoje, uma relação duradoura é cada vez mais difícil de encontrar, por variadas razões. Mas, também para ajudar a manter a “chama” da relação acesa, a tecnologia pode dar uma ajuda com a existência de várias aplicações. O seu objetivo é construir uma relação estável, mas nomes conhecidos do género (“The Knot” ou “Lasting”) não chegam a Portugal.

As que existem têm uma procura diminuta, apenas estão disponíveis em inglês o seu título (longo) na língua de Shakespeare pode acabar por afastar o público português. Estas oferecem vários textos e imagens de sugestões para um trabalho diário, que nos relembram das dificuldades das relações.

Duradouro, como descreve Dziedzic, é um pouco semelhante ao trabalho de um personal trainer. A experiência começa com uma avaliação dos pontos fortes e fracos de cada indivíduo. Então, com base em áreas onde o casal é “fraco”, alinha uma série particular de sessões. Os usuários ouvem tutoriais de três a oito minutos, narrados por uma voz feminina suave com excelente enunciação. Sessões “essenciais” podem incluir “comunicação”. “Conflito” ou “reparo”. “Felicidade” é crédito extra.

O exemplo vem (mesmo) de fora

“Lasting” é uma aplicação que pretende ajudar os casais a manterem a sua relação estável. Para a sua criação, o seu autor, Steve Dziedzic, contou com o apoio do grupo de “The Knot”, outra aplicação do género, onde este trabalhava anteriormente. Dziedzic acredita que é possível cada individuo programar a sua vida, de forma a ter uma melhor relação.

De acordo com a comunidade científica, os casais que trabalham na sua relação têm provavelmente um casamento mais saudável e feliz. “Lasting”, nos Estados Unidos, já é considerada por muitos uma ferramenta importante de conselho matrimonial. Desde o seu lançamento, na primavera de 2017, “Lasting” atraiu 750 mil utilizadores.

Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
Loading...

Multipublicações

Marketeer
Automonitor
Túnel do Grilo: IP prevê investir 10 milhões de euros