Deprimido? Experimente levantar pesos

Um novo estudo associa este tipo de atividade física à redução de sintomas de depressão.

Investigadores da Universidade de Limerick realizaram um estudo que conclui que o treino de força tem efeitos benéficos para “a redução significativa dos sintomas da depressão”. Este tipo de treino poderá, por isso, ser utilizado como alternativa ou complemento às terapêuticas para o tratamento desta doença.

O levantamento de pesos é muitas vezes associado a uma sensação de autoconfiança e poder transmitida a quem o pratica, e este estudo dá suporte a essa teoria. Foram analisados os resultados provenientes de 33 estudos clínicos que envolveram 1.877 pessoas com o objetivo de descobrir se o treino de força contraria os sintomas da depressão, nomeadamente a baixa autoestima, o humor depressivo e a perda generalizada de interesse.

O investigador Brett Gordon explica que “foram detetadas melhorias em adultos com níveis de depressão moderados, sugerindo que o treino de força poderá ser particularmente eficaz para aqueles que sofram de estados mais profundos de depressão”.

O treino de força pode ser incorporado na atividade física habitual, pelo menos duas vezes por semana, com cerca de 10 exercícios diferentes com oito a 10 repetições.

Os autores do estudo indicam que ainda está por confirmar se o treino de força pode ou não ser tão eficaz como “outros tratamentos empiricamente aprovados”, nomeadamente o uso de medicação.

 

Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
Loading...

Multipublicações

Marketeer
Arranca a segunda edição do From Start-to-Table
Automonitor
Audi assinala os 25 anos de desportivos RS