O que os avós não devem dizer (nunca) aos seus próprios filhos

Não deixe que estas frases criem tensão na sua relação com os pais dos seus netos.

Há poucas coisas mais especiais do que ver os seus próprios filhos a tornarem-se pais. A gratificação e felicidade que irá sentir não têm comparação. No entanto, apesar de toda esta alegria, a transição de passar a ser um avô pode ser complicada de gerir.

Apesar de ter conseguido educar bem os seus filhos isso não significa que estes devem agora seguir todos os seus ensinamentos no que diz respeito à educação dos seus netos. Muitas vezes apesar das nossas boas intenções, ao expressarmos os nossos conselhos e opiniões podemos estar a gerar conflitos desnecessários. Acabamos por parecer demasiado críticos e cruéis ao invés de estarmos a prestar uma ajuda ou apoio essencial.

Estas são algumas das frases que, de acordo com os especialistas, deve (mesmo) evitar.

  1. “Eu fazia sempre isto contigo e resultou muito bem”

Vamos ser sinceros, existem muitas coisas que fazíamos no passado que provavelmente não eram as melhores ou mais seguras opções. Como tal usar este tipo de argumentos com os seus filhos pode não fazer muito sentido. Tente apoiar as decisões que eles tomam relativamente aos seus netos.

  1. “Precisas de relaxar, o bebé vai acabar por adormecer”

Já passou muito tempo desde que teve que cuidar de um bebé, pelo que é normal que já não se lembre exatamente o quão stressante podem ser as primeiras semanas e meses. Não interfira com o plano de treino de sono que o seu filho decida escolher.

  1. “Nós nunca deixávamos que tu fizesses isso”

Até pode acreditar que o seu filho é demasiadamente relaxado na educação do seu neto. No entanto esta nunca é a forma adequada de exprimir esse sentimento. Atualmente existem inclusive inúmeras teorias que defendem uma disciplina mais positiva e uma maior consideração relativamente às fases de desenvolvimento das crianças. As estratégias educacionais mudam conforme os tempos e variam de caso para caso.

  1. “Porque é que não és mais como a ___?”

É normal que conviva com outras pessoas que também têm os seus filhos pequenos. Pode até achar que estas outras pessoas estão a educar as crianças de uma forma muito mais positiva e eficaz. No entanto, não deve nunca expressar esse sentimento aos seus filhos. Isso apenas os irá fazer sentir tristes, chateados ou simplesmente inseguros. Apesar das suas opiniões tente sempre elogiar os aspetos positivos da relação entre o seu filho-neto.

  1. “És tal e qual como a tua mãe/pai”

Esta é uma frase especialmente problemática no caso de ter passado por um divórcio e como tal já não estar com a pessoa a quem se está a referir. Nunca deve comparar o estilo e hábitos de educação dos seus filhos com as características negativas do pai ou da mãe deles. Isto é algo que deve evitar a todo o custo caso deseje manter uma relação feliz tanto com o seu filho como com os seus netos.

Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
Loading...