Sete alimentos que combatem a perda de memória (o chocolate é um deles)

Nunca sabe onde mete as chaves de casa? Troca os nomes dos filhos? Não ignore os sinais. Descubra quais os alimentos que deve incluir imediatamente na sua alimentação.

À medida que envelhecemos, tendemos a perder memória. Contudo, existem alguns alimentos, já comprovados pela ciência, que são bons aliados e ajudam os neurónios a funcionar na perfeição, protegendo a memória do seu natural declínio.

A pensar nisso, o portal online dos hospitais e clínicas CUF identificou sete alimentos que fortalecem a memória e previnem o aparecimento de doenças, como o Alzheimer. Toma nota:

Salmão

O salmão ajuda a manter o bom funcionamento dos neurónios e a melhorar a capacidade do cérebro reter informações por ser uma fonte de ómega 3, sobretudo de ácido docosa-hexaenoico.

 

 

Frutos secos

Nozes e amêndoas também são ricos em ómega 3, além de ómega 6 e vitaminas B6 e E, esta última com um efeito particularmente benéfico na diminuição do envelhecimento das células do cérebro.

 

 

 

Espinafre

Rico em vitamina E e ócido fólico, há quem diga que apenas meia chávena deste alimento cozinhado equivale a 25% das necessidades diárias de vitamina E. Além de ajudar a impedir o crescimento de tumores e células cancerígenas, desacelera os efeitos do envelhecimento das células cerebrais.

 

 

Morango

Por possuir fisetina, um flavonoide que melhora a comunicação entre neurónios, desenvolvendo funções cognitivas como a memória, o raciocínio e a atenção, este fruto ajuda a impedir a perda progressiva de memória e pode, inclusive, apresentar benefícios na prevenção da doença de Alzheimer. 

 

 

Abacate

Fonte de gorduras monoinsaturadas, ómega 3, ómega 6, potássio, vitamina E e vitamina K, ajuda a aumentar o fluxo de sangue para o cérebro e protege-o de danos provocados pelos radicais livres, além de melhorar a sua capacidade de reter informação. É também benéfico para o desenvolvimento das capacidades cognitivas.

 

 

Ovo

Para além de possuir vários outros nutrientes benéficos, como ácido fólico ou vitamina B12, a gema do ovo é uma fonte rica em colina, uma substância que pode ajudar a evitar o declínio mental associado ao envelhecimento. O ovo previne problemas como a demência ou a doença de Alzheimer.

 

 

Chocolate negro

O chocolate com um mínimo de 70% de cacau contém flavonoides, antioxidantes capazes de melhorar as funções cognitivas, entre as quais a memória, e proteger as células de danos provocados pelos radicais livres, ajudando a evitar doenças do foro mental.

Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
Loading...

Multipublicações

Marketeer
Lego lança minissérie no YouTube
Automonitor
Portugal a caminho de bater recorde de produção anual