Sete conselhos para desligar nas férias

A psicóloga Catarina Lucas, especializada em diversas áreas do desenvolvimento humano, deixa alguns conselhos para que possa ir de férias descansado.

Um estudo da Small Business Prices colocou Portugal no topo de uma lista de 26 países europeus cujos trabalhadores sofrem ou correm maior risco de vir a sofrer de burnout. Desligar por completo nas férias torna-se essencial para contrariar esta tendência.

O burnout, também conhecido como síndrome de esgotamento profissional, acontece como resultado de uma resposta prolongada no tempo a fatores que causam stresse no trabalho, motivado pelo desejo de ser bem-sucedido, de atingir determinada posição ou a permanência num trabalho desinteressante por falta de oportunidades.

A psicóloga Catarina Lucas, especializada em diversas áreas do desenvolvimento humano, deixa, por isso, alguns conselhos para que possa ir de férias descansado:

1. Delegar – tente ao máximo deixar o trabalho adiantado e aquilo que não for possível delegue em alguém de confiança e que conheça o seu trabalho tão bem que não precise de contactá-lo enquanto estiver ausente.

2. Avisar – é importante alertar colegas, clientes e fornecedores de que irá de férias e quem estará a substituí-lo. Assim, a tentação de o importunarem com trabalho será menor. Catarina Lucas explica que “se este trabalho não for feito previamente, continuará a ser incomodado nas férias e não conseguirá deixar de dar uma resposta”.

3. Desconectar – deixar de lado os telemóveis (principalmente o do trabalho), portáteis, ou tablets para ajudar a descansar a mente.

4. Quebrar a rotina – “Aproveitar as férias para fazer coisas diferentes e para deixar horários de lado é essencial para desconectar e reequilibrar”, advoga Catarina Lucas.

5. Estabeleça um horário para consultar o email – em casos excecionais, onde o tipo de função não permita uma desconexão total, reservar 15 minutos por dia (em horário a definir) para consultar o email e dar resposta a coisas urgentes, inadiáveis ou indelegáveis.

6. Out of office um dia antes das férias oficiais – Deixar uma mensagem de aviso no email sobre o período de férias e configurá-lo um dia antes das férias. Assim, aproveita o último dia para colocar todo o trabalho em dia.

7. Tempo individual – mesmo de férias e estando com pessoas que amamos, retirar algum tempo para estar sozinho ou fazer as nossas coisas, pode ser muito importante. “Por muito que gostemos daqueles que connosco gozam férias, 24 horas por dia durante vários dias, em total convivência, pode ser desgastante”, defende a especialista.

Ler Mais


Artigos relacionados
Comentários
Loading...