Orgasmos. O efeito mais prazeroso da canábis

Estudo revela que marijuana parece aumentar a satisfação sexual e pode ajudar a levar ao desenvolvimento de tratamentos para a disfunção sexual feminina.

As mulheres que consomem marijuana antes do sexo têm uma maior probabilidade de experienciar o aumento do seu desejo sexual, assim como, melhores orgasmos. Este é o resultado de um estudo recente. O seu objetivo foi avaliar a perceção das mulheres sobre o efeito do uso da canábis antes da atividade sexual.

A internet está repleta de alegações sobre os efeitos benéficos da marijuana em vários aspetos da função sexual, incluindo a líbido, a excitação e o orgasmo. Para variar, a “internet” parece estar correta, pois este estudo norte-americano, – que analisou as respostas anónimas de 373 pacientes à saída de uma consulta de obstetrícia /ginecologia -, comprovou que as mulheres tinham o dobro da probabilidade de relatar terem melhor sexo depois do consumo de canábis.

Das 373 participantes, 34 por cento relatou ter consumido marijuana antes da atividade sexual. A maioria das mulheres confirmou sentir um aumento no desejo sexual, melhoria no orgasmo, diminuição da dor, embora não tenham sentido qualquer alteração na sua lubrificação. O estudo examinou as diferenças nas mulheres e concluiu que as mulheres que consumiram canábis tinham probabilidades 2,13 maiores de ter um orgasmo “satisfatório”.

A principal autora deste estudo, Becky Lynn, reconhece que a questão de como a canábis leva a essas mudanças positivas ainda é desconhecida pela ciência. No entanto, a médica ginecologista avança que a melhoria da função sexual se pode dever simplesmente «à redução do stress e da ansiedade», como também à diminuição da «perceção temporal e ao prolongamento das sensações prazerosas». A especialista acrescenta ainda que o consumo de marijuana «pode diminuir as inibições sexuais, aumentar a confiança e a disposição para experimentar».

Artigos relacionados
Comentários
Loading...