Publicidade a cosméticos masculinos foi alvo de críticas. Saiba porquê

Vídeo divulgado por uma marca de cosmética dirigida a homens reprovado pelo público.

Um novo vídeo a promover maquilhagem masculina, da marca britânica “War Paint” na rede social “Twitter” foi alvo de críticas. Isto porque, segundo a maioria dos utilizadores, o vídeo concentrava mais atenção no físico dos manequins do que nos produtos em si, numa clara promoção de uma «masculinidade tóxica».

Ora, a “War Paint” é uma marca britânica de produtos cosméticos orientada para um público masculino, que se orgulha do facto de os seus produtos serem todos vegan e para a sua criação não ter sido necessária «nenhuma crueldade contra os animais».

No entanto, este vídeo de promoção dos novos produtos da marca, entretanto retido em resposta a um relatório do detentor dos direitos autorais do “Twitter”, sofreu uma forte contestação de milhares de utilizadores da rede social. Muitos criticaram o fato de o foco principal deste vídeo publicitário terem sido inseguranças masculinas como «corpos tatuados e musculados» que a maioria gostava de ter, em vez «de se verem quais as vantagens dos produtos».

A marca “War Paint” ainda não respondeu publicamente às reações sobre o seu novo vídeo promocional, porém defendeu o seu target, em comentários a outras publicações por «já ser tempo de os homens também terem produtos específicos para a sua pele».

Artigos relacionados
Comentários
Loading...

Multipublicações

Marketeer
Directora Digital da By é jurada nos Vega Digital Awards
Automonitor
Cepsa Black Week começa esta sexta-feira