Quer melhorar a sua memória? Conheça aqui as sugestões dos especialistas

Existem algumas coisas que pode (e deve) fazer para garantir que mantém intacta a sua capacidade cerebral. Não deixe de se desafiar diariamente.

Todos desejamos conseguir preservar durante toda a nossa existência as lembranças mais importantes ou mais felizes das nossas vidas. No entanto muitos são aqueles que continuam sem saber como o podem fazer.

Conhecemos bem a importância de preservar as nossas capacidades físicas à medida que envelhecemos. Inscrevemo-nos no ginásio, aderimos a aulas online, fazemos tudo o possível para garantir que continuamos ativos, de forma a não deteriorar o nosso estado físico.

[Leia também: Noz: um aliado do corpo e da mente]

O que explica então que tenhamos dificuldade em fazer o mesmo pela nossa mente? O envelhecimento não afeta apenas o nosso corpo. Muitos são os sintomas negativos deste processo natural que se podem manifestar na nossa mente, na nossa capacidade cognitiva.

A perda de memória em particular é um dos sintomas mais comuns e mais devastadores. Devemos fazer tudo o possível para assegurar que prevenimos ou minimizamos esta situação. Mantendo intacta a nossa capacidade de nos lembrarmos das coisas mais importantes.

A memória é uma função cerebral. Assim, de uma maneira geral, tudo aquilo que consiga fazer com que o nosso cérebro funcione melhor, irá igualmente assegurar a nossa capacidade de nos lembrarmos de todo o tipo de coisas. Eis 5 estratégias que deve seguir caso queira fortalecer a sua memória e capacidade cerebral.

 

  1. Melhorar a dieta alimentar

Comer refeições mais equilibradas, compostas por mais vegetais e frutas irá assegurar que o seu cérebro funcione melhor. Muitas propriedades e nutrientes presentes neste tipo de alimentos são fundamentais para o correto funcionamento da atividade cerebral.

  1. Dormir bem

Quando não dormimos bem, muitos elementos do nosso organismo sofrem “consequências”. Para além da nossa disposição geral, também a nossa memória pode ser fortemente afetada. É essencial que de uma forma regular deixe o seu corpo descansar entre 7-8 horas todas as noites. Evite olhar para écrans antes de adormecer para não enfraquecer a qualidade do seu sono.

  1. Reduza o consumo de álcool

As bebidas alcoólicas podem fragilizar a nossa capacidade de nos lembrarmos das coisas no curto e no longo prazo. Todos conhecemos as consequências de um consumo excessivo de álcool. Procure beber sempre com moderação.

  1. Exercite o corpo

Para além de todos os benefícios associados à nossa condição física, o exercício regular é importante para manter as nossas capacidades mentais intactas. Adicionalmente, alguns estudos apontam para o facto de o exercício físico ajudar a reduzir o risco de aparecimento de certas doenças mentais, como a demência. Este tipo de prática permite reduzir a inflamação, melhorando as nossas funções cerebrais.

  1. … e a mente, claro

O nosso cérebro funciona como um músculo, se não o exercitarmos ele começa inevitavelmente a deteriorar-se. É importante continuar a desafiar a mente ao longo dos anos, sobretudo na fase mais tardia das nossas vidas. Seja através de jogos de palavras-cruzadas ou através da socialização com os outros, é fundamental continuar a “dar trabalho” à nossa mente. O isolamento é extremamente prejudicial e deve ser evitado a todo o custo.

 

[Leia também: Inteligência emocional. Estas são as dicas que vão ajudar a melhorar a sua comunicação]

 

Ler Mais
pub


Artigos relacionados
Comentários
Loading...